Site do Centro de Documentação e Memória - ICEFLU - Patrono Sebastião Mota de Melo

Tradução Google

Portuguese Dutch English French German Italian Japanese Spanish

Instituto CEFLURIS (Atual IDARIS)

Criado pela reforma de setembro de 1997 nos moldes de uma organização não governamental e ambientalista tem como sua missão fortalecer o trabalho social e comunitário que herdamos desde o tempo do Padrinho Sebastião Mota. Da mesma forma que a Igreja, o Instituto CEFLURIS  se organiza em Conselhos nos diversos níveis, local, regional e nacional.

O Instituto CEFLURIS  é uma entidade com formato associativo, tendo hoje quase 3 mil associados cadastrados no Brasil e exterior, e mais cerca de mil associados na região Amazônica. Os associados são  frequentadores dos grupos espirituais filiados a Igreja do Culto Eclético.

É papel de o Instituto CEFLURIS organizar e desenvolver os trabalhos sócios ambientais da entidade, especialmente os realizados no âmbito da Floresta Amazônica. 

Até pouco tempo atrás o Instituto também organizava as arrecadações, a partir do recolhimento das mensalidades dos associados. Os recursos provenientes das mensalidades eram repassados para a Igreja do Culto Eclético para serem aplicados em suas atividades afins, incluindo a produção e a distribuição do sacramento, o que será melhor explicado mais abaixo.

Outro aspecto importante dentro das atribuições do Instituto é o  compromisso  social que herdamos com as famílias antigas e os veteranos da comunidade, desde os tempos do Padrinho Sebastião. No passado, as igrejas, na medida que foram surgindo, ajudavam no recolhimento de doações e recursos para uma feira básica destinada aos membros da comunidade sede no Amazonas. Compreendíamos esta ajuda como uma retribuição justa pelo esforço da comunidade para sustentar o início da expansão. Hoje em dia esta ajuda caritativa ainda é dada, na  forma de um programa assistencial que o Instituto presta aos membros e famílias mais carentes .

O Instituto tem se desenvolvido e crescido ao longo dos últimos anos e já se constitui numa organização de médio porte. Ele tem um papel importante no planejamento estratégico da instituição, em parceria com as demais organizações que trabalham em prol da Amazônia.

O Instituto é dirigido por um Conselho Administrativo eleito por 3 anos e por uma secretaria geral e assessores indicados pelo secretário geral, que também é eleito.O Conselho Administrativo conta com uma secretaria e uma tesouraria. A secretaria geral compõem-se de diversas assessorias: secretarias nacional e internacional, comunicação, projetos e mobilização.

Na Assembleia geral de agosto de 2012 realizada na comunidade Céu da Montanha-Mauá foi decidido um passo importante que complementou nossa reforma administrativa iniciada em  1998 e que abriu uma nova etapa da nossa reengenharia institucional. Nesta ocasião  migramos todo o quadro societário diretamente para a Igreja. Da mesma forma, as receitas associativas (mensalidades dos sócios) que até então eram recolhidas pelo Instituto passaram a ser administradas pela Tesouraria da Igreja   (ICEFLU).

Em relação ao Instituto IDA/CELURIS  ele ficou de ser reformatado como uma agência ambiental e um órgão de planejamento estratégico para nosso trabalho social e ambiental tanto na comunidade e na FLONA, como também em outras áreas de inserção do nosso movimento.

Foi criada uma Comissão de Transição e eleita uma nova diretoria provisória com o objetivo de proceder esta transição institucional, modificação nos estatutos e recadastramento dos sócios.